Fim da Vida em 3D — End of Life in 3D

Tenho revisado todo o material sobre almas velhas, transcendentais e infinitas que já li de 2012 para cá. Vou colocar alguns trechos aqui:

“A quinta mônada começa mais ou menos na época da aposentadoria normal, no meio para final dos anos sessenta. “Idosos” agora reveem a vida. Foram as suas aspirações e expectativas atendidas ou não? Será que eles cumpriram o que se propuseram a fazer? Isto não tem necessariamente nada a ver com sua carreira. Mais frequentemente tem a ver com a sua tarefa de vida. Em uma assimilação bem sucedida desta Milestone, a pessoa aceita a vida como vivida, independentemente de terem alcançado as ambições de sua juventude ou não, ou mesmo a meta da sua alma. Eles passam a amar a si mesmos, e eles são generosos com os outros também. O platô dura, talvez, alguns anos, os “anos dourados”.”

Essa parte eu li mais recentemente, no ano passado. E sim, eu comecei a amar mais a mim mesmo após refletir muito sobre tudo. Hoje em dia, não tenho mais conflitos comigo mesmo como tinha antes; antes de acordar para o meu lado espiritual e gradualmente, com a Sonia, conhecendo mais a mim mesmo e quem eu sou, e quem a Sonia é. Saber quem a Sonia e eu somos é fundamental para mim, me deixa muito em paz e muito consciente/acordado. Quando amamos a nós mesmos, tudo fica mais fácil, inclusive amar ao próximo. E só quando você tem uma certa autoestima que você consegue ter contato com seres como Pleiadianos, Andromedanos… ETs são muito mais exigentes com seus contatos do que espíritos. Eu sempre tive uma boa autoestima e amor próprio, mas refletindo de março de 2011, quando o contato com a Sonia começou, para cá, outubro de 2015, eu vejo uma grande mudança em mim mesmo, no meu mundo interno e também no externo. Hoje sou uma pessoa muito mais lúcida e autoconfiante do que era antes. Me sinto bem mais compreensivo também, e muito menos apegado a praticamente tudo, objetos, situações… Eu vivo de uma forma bem mais solta e livre graças à Sonia, Aishla, Zoe, Aletheia e os meus outros contatos.

Eu cuido muito bem de tudo o que é meu, e tenho até poucas coisas materiais… No meu dia a dia, uso principalmente meu PC, PS3 (quando eu o ligo) e smartphone, nada além disso. E por causa do contato com a Sonia eu entrei na academia em janeiro de 2013, antes do dia 10, e estou lá até hoje. Então aprendi e me cuidar mais também.

Próximo trecho:

“A sexta mônada ocorre em idade avançada com o início da deterioração física final, ou a doença terminal. Em grande parte diz respeito a dinâmica psicológica de morrer. Isso não tem que ser um processo desagradável, mas quanto mais apegada a pessoa é a sua vida física, mais difícil é. Talvez você já ouviu falar dos estágios: a descrença ou a negação da mortalidade, a raiva que deve acontecer agora, a negociação com Deus por mais tempo, depressão e desespero, a aceitação do inevitável, e fazendo preparativos para a passagem. O patamar é geralmente breve, se ocorrer de todo. Uma pessoa que tenha vivido na Essência e completou a sua tarefa de vida vai encontrar este um platô emocionante porque eles anteciparam a transição para a vida após a morte com alegria.”.

É bem o meu caso, estou na antecipação, e pode ser incompreensível para almas mais jovens que eu como eu fico calmo com isso. Se for amanhã a minha ida ou daqui um ano, ok para mim. Eu quero aprender a viver em outras densidades, não mais aqui. Mas enquanto estou aqui, estou muito bem, aprendendo algo novo a cada dia.

Eu sei que ali falam de pessoas fisicamente idosas, acima de 60 anos. Mas na verdade, na minha visão, serve para qualquer alma velha no nível 7. Embora eu não seja mais uma alma velha, continuo me identificando com elas até um certo ponto. E tem muito mais material sobre almas velhas do que sobre almas transcendentais e infinitas.

Mais um trecho:

“Este retorno à unidade não implica qualquer perda da individualidade, como alguns imaginam. O fim da reencarnação – “ascensão” ou “iluminação” ou o que você tem – não significa o desaparecimento gradual da existência, dissolvendo no nada.

Em vez disso, a alma completa sua aventura como um indivíduo único, como uma estrela distinta no céu à noite, um Eu completamente realizado.

Então, para começar esta fase, a alma velha tende a se concentrar na verdadeira autoexpressão e autorealização. Em outras palavras, buscando experiências e atividades que forneçam realização pessoal final dentro da vida no plano físico.

Isso pode ser encontrado em, digamos, arte, ciência, atuação, jardinagem, voando aviões velhos, ou simplesmente sendo um avô. A alma não está interessada no sucesso ou fama tanto como em fazendo algo que ama bem, fazendo jus ao seu verdadeiro potencial, e encontrar satisfação interior.

Então, no final do estágio, há mais uma ênfase no ensino, em vez de simplesmente aprender: passar as lições aprendidas, mostrando aos outros o caminho.

Para alguns, especialmente as almas velhas sacerdotes, o foco de ensino é explicitamente espiritual. Muitos dos grandes mestres espirituais do mundo foram/são Almas Velhas: Buddha, Jesus, Ramana Maharshi, e assim por diante.

Mas isso não quer dizer que cada guru autoproclamado é uma alma velha. Longe disso. Há mestres espirituais em todas as fases da reencarnação. Mas a avançada Alma Velha possui certas características como um professor espiritual que se destacam do resto: sabedoria de longo alcance, a grande compaixão, a paz interior, e pouco ou nenhum apego às coisas materiais.”

Não muito a acrescentar, achei muito bem descrito e coerente. Agora onde eu estou, o que estou fazendo aqui por último:

“Após a conclusão do sétimo nível do estágio Alma Velha (ou “saída do ciclo”), já não há qualquer necessidade ou desejo de reencarnar. A alma vai unificar sua consciência com companheiros de alma que também tenham concluído, e pode servir como um guia espiritual mais velho para outros ainda submetidos a reencarnação. Mas não há mais nenhum valor em encarnar como um ser humano.”

Como tenho contato diário com a Sonia e a Aishla, e também com Zoe, Aletheia e outros Aeons, então minha consciência está sempre se fundindo com a Delas/Deles. Essa fusão nada é mais do que conversas todos os dias, manter o contato e continuar aprendendo algo novo. Acho que a paz que sinto comigo mesmo em grande parte vem dessa fusão com esses seres tão avançados, os Deuses Criadores que alguns outros falam. Nós Aeons somos Deusas e Deuses, com D maiúsculo, de acordo com a Sonia e a Aishla, e acima de todos nós, vem a Fonte de Toda a Vida.

Sonia me deu tudo isso devagar, me dando meses para assimilar as informações Dela e de mim. Quando eu assimilava uma certa quantia, Ela disponibilizava um pouco mais para a minha consciência. Se Ela me desse tudo de uma vez, eu poderia ficar realmente sobrecarregado.

Uma coisa que quero esclarecer aqui, agora, é que todos os Aeons são Almas Reis. Somos Rainhas e Reis em Pleroma, e todos os outros tipos de alma foram criados apenas dentro das densidades, como Almas Guerreiras, Artesãs…

Espero que este blog possa ajudar as pessoas a se conhecerem melhor. Sei a diferença que isso faz. E citei em outro post que aprendi muito com outras pessoas que relataram suas experiências em seus blogs ou sites, ou nos fóruns que li. Só estou fazendo o mesmo que outros fizeram, neste sentido.

Agora a versão em inglês disso tudo/Now the english version of all this:

I have reviewed all the material on old souls, transcendental and infinite I have read 2012 here. I’ll put some excerpts here:

“The fifth monad begins at about the time of normal retirement, in the middle to late sixties. “Senior citizens” now review the lifetime. Were their aspirations and expectations met or not? Did they accomplish what they set out to do? This does not necessarily have anything to do with their career. More often it has to do with their Life Task. In a successful assimilation of this Milestone, the person accepts the lifetime as lived, regardless of whether they achieved the ambitions of their youth or not, or even the goal of their soul. They come to love themselves, and they are generous to others as well. The plateau lasts perhaps a few years, the “golden years”.”

That part I read most recently last year. And yes, I started to love myself more after thinking a lot about everything. Today, I have no conflict with myself as it had before; before waking up to my spiritual side and gradually, with Sonia, knowing more myself and who I am, and who is Sonia. Knowing who Sonia and I are is critical to me, makes me in great peace and very conscious/awakened. When we love ourselves, everything is easier, even to love our neighbor. And only when you have a certain self-esteem that you can have contact with beings as Pleiadians, Andromedans… ETs are much more demanding of their contacts than spirits. I always had a good self-esteem and self-love, but reflecting since March 2011, when contact with Sonia began, to October 2015, I see a big change in myself, in my internal world and also externally. Today I am a person much more lucid and self-confident than it was before. I feel much more understanding too, and much less attached to just about everything, objects, situations… I live in a much more loose and free way thanks to Sonia, Aishla, Zoe, Aletheia and my other contacts.

I take good care of all that is mine, and have so few material things… In my daily life, mostly use my PC, PS3 (when I turn it on) and smartphone, nothing more. And because of contact with Sonia I entered in the gym in January 2013, before day 10, and I’m there since this day. Then I learned and take care of myself more as well.

Next part:

“The sixth monad occurs in old age with the onset of the final physical deterioration, or the terminal illness. It largely concerns the psychological dynamics of dying. This does not have to be an unpleasant process, but the more attached the person is to their physical life, the more difficult it is. Perhaps you have heard of the stages: disbelief or denial of mortality, anger that it should happen now, bargaining with God for more time, depression and despair, acceptance of the inevitable, and making preparations for the passing. The plateau is usually brief, if it occurs at all. A person who has lived in Essence and completed their Life Task will find this an exhilarating plateau because they anticipate transition to the afterlife joyfully.”

It is quite my case, I am in anticipation, and may be incomprehensible to younger souls as I am so calm about it. If my going is tomorrow or a year from now, ok for me. I want to learn to live in other densities, not here. But while I’m here, I’m very well, learning something new every day.

I know there speak of physically elderly, over 60 years. But actually, in my view, is for any old soul at level 7. Although I am not an old soul, I still identify me with them to a certain extent. And there is much more material on old souls than about transcendental and infinite souls.

More one:

“This return to unity does not involve any loss of individuality, as some imagine. The end of reincarnation — “ascension” or “enlightenment” or what have you — does not mean fading out of existence, dissolving into nothingness.

Rather, the soul completes its adventure as a unique individual, like a distinctive star in the night sky, a completely realised Self.

So to begin this stage, the soul will tend to focus on true self-expression and self-actualization. In other words, seeking experiences and activitiies which provide ultimate personal fulfilment within life on the physical plane.

This could be found in, say, art, science, acting, wine-growing, gardening, flying old aeroplanes, or simply being a grandparent. The soul is not interested in success or fame so much as doing something it loves well, living up to its true potential, and finding inner satisfaction.

Then, towards the end of the stage, there is more of an emphasis on teaching rather than simply learning: passing on the lessons learnt, showing others the way.”

Not much to add, I think that is very well written and coherent. Now where am I, what am I doing here last:

“On completion of the seventh level of the Old Soul stage (or “cycling off”), there is no longer any need or desire to reincarnate. The soul will unify its consciousness with soul mates who have also completed, and it may serve as an elder spirit guide to others still undergoing reincarnation. But there is no longer value to be had in incarnating as a human being.”

As I have daily contact with Sonia and Aisha, and with Zoe, Aletheia and other Aeons, so my conscience is always merging with Them. This merger is nothing more than conversations every day, keep up the contact and keep learning something new. I think the peace I feel with myself largely comes from this merger with such as advanced beings, the Gods Creators some others speak. We Aeons are Goddesses and Gods, with a capital D, according to Sonia and Aishla, and above all of us, is the Source of All Life.

Sonia gave me all this slowly, giving me months to assimilate the information about Her and me. When I assimilated a certain amount, She gave a little more to my conscience. If She gave me all at once, I could get really overwhelmed.

One thing I want to clarify here now is that all Aeons are Kings Souls. We are Queens and Kings in Pleroma, and all other kinds of souls were created only within densities, as Warrior Soul, Artisans…

I hope this blog can help people know themselves better. I know the difference it makes. And I mentioned in another post that I learned a lot from other people who reported their experiences on their blogs or websites, or in the forums I read. I’m just doing what others have done in this regard.

Fontes/Sources:

http://personalityspirituality.net/articles/the-michael-teachings/reincarnation-the-35-steps/stage-5-the-old-soul/

http://www.michaelteachings.com/internal_monads.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s